6 de jan de 2011

Black Eyed Peas - The Beginning


Álbum: The Beginning
Artista: Black Eyed Peas
Ano: 2010
Gravadora: Interscope Records

Após o lançamento do disco The E.N.D [2009], que conseguiu chegar ao topo de todas as paradas do mundo com as músicas ''I gotta Feeling'' e ''Boom Boom Pow'' , o grupo The Black Eyed Peas decidiu aproveitar este momento fantástico e lançar o mais novo disco, The Beginning.

The Beginning logo de cara já tem como sua primeira faixa ''The Time (Dirty Bit)'', o primeiro single do disco que estourou no mundo inteiro, e principalmente aqui no Brasil, sendo um dos hits mais tocados em festas nesta temporada.


O novo disco está extremamente dançante, ótimo para baladas e agitações! Sendo voltado totalmente para um estilo eletrônico diferenciado, misturando dance music e sintetizadores. É incrível a forma como todas as músicas possuem ligação uma a outra, te fazendo escutar o disco inteiro e no final ainda pedir bis!

Mesmo sendo um disco maravilhoso e viciante, infelizmente não conseguiu alcançar o mesmo sucesso que o álbum The E.N.D, que foi lançado em julho de 2009 com 304 mil cópias vendidas, o contrário de The Beginning que não chegou a alcançar 120 mil cópias nos Estados Unidos. Os motivos possivelmente seriam a falta de divulgação e a pressa nas gravações. O sucesso só não ultrapassou The E.N.D devido a falta de divulgação. The Beginning mostrou que o grupo está cada vez mais maduro e antenado na questão musical, e isso está claro em todas as faixas do disco.

Em uma entrevista a MTV News, durante o American Music Awards, Will explica que o grupo queria expressar o mundo que está ao redor deles. “The E.N.D. foi como uma época de espírito, articulado ao fim de uma era,” ele continua. “Nós ainda somos apaixonados por música, então o The Beginning utiliza todas as tecnologias, fazendo novas coisas. Algo assim, esse é o The Beginning.”

E logo em seguida, fala sobre a escolha e o significado do nome do álbum novo:
“Porque o último álbum foi o The E.N.D, e para todo fim há um começo, e é por isso que a energia nunca morre. Nós ainda estamos te mostrando a energia, então vamos chamá-lo de começo, The Beginning.”


Neste disco, sem dúvidas, dou destaque a três faixas:
The Time (Dirty Bit)
Someday
Don't Stop The Party


Resenha por:
Lauren Cooper

0 comentários:

Twitter Delicious Digg Stumbleupon Favorites More

 
Powered by Blogger